Pages

quarta-feira, 4 de março de 2009

La Grande Sophie - Et si c'était moi 2003

Um disco memorável, um rock muito bem feito, uma voz jovem e músicas empolgantes! Poxa vida que disco viu! E como sempre digo, rock não está em minhas preferências iniciais, mas esse disco com certeza fica na minha Cdteca, escutei-o todo, bem como poucos discos conseguem minha atenção, não é atoa que este álbum rendeu à La Grande Sophie o prêmio "Victoires de la Musique em 2004". Francesa de Marseille, ela nasceu em Port-de-Bouc em 18 de julho de 1969, enveredando muito cedo pelo caminho da música, montando com 13 anos sua primeira banda, junto com o irmão e um vizinho, sempre demonstrando afeto pela guitarra. Ela foi a precursora do estilo musical chamado "Kitchen-music", movimento dos anos 90 que considerava a atividade musical como uma tarefa qualquer do dia-à-dia.
Apesar de ter começado cedo la Grande Sphie só foi descoberta tardiamente, tocando em bares e pequenas casas de show, lançando seu 1º disco em 96, escursionando sempre por pequenos espaços, cubrindo a cena pop-rock underground francesa, demonstrando sempre talento porém só a partir dos anos 2000 ela conseguiu a notoriedade e reconhecimento merecidos, ao assinar contrato com a poderosa Sony Music, tendo seu novo album produzido por gente de peso como Phill Délire, colaborador do Noir désir e Alain Bashung. Em 2001 é lançado seu segundo disco, Le Porte-Bonheur vendendo mais de 30 000 exemplares, graças ao notório sucesso da música Martin, que impõe o estilo da artista, as vezes forte, poderoso e também sofisticado e feminino.
Enquanto que admiradora da música anlgo-saxônica, incorpora às suas um mix de coerência em universos completos, desenhando retratos da condição humana. Estando sempre presente na cena alternativa da França, em festivais país adentro, ela acaba por lançar seu terceiro disco, Et si c'était moi de 2003, promovendo em seguida uma grande turnê da Grande Sophie. Em 2005 ela fatura o Victoires de la Musique como "Révélation scène de l'année".
A primeira vez que escutei La Grande Sophie, tenho de admitir, que não gostei muito, mas assim que ouvi esse disco nossa!! foi uma experiência muito pra lá de proveitosa, sendo conduzido por um pop-rock, mesclado com um toque de reggae que sinceramente me conquistou, músicas marcantes como Du courage, Ma première ride e Le roi des tourbillons, sim senhor, que disco cheio de sentimento, que me leva a momentos do passado, pois tem algo de novo e algo que lembra o passado mesmo que eu não o tenha ouvido antes, apesar disso é bem original, marcante, cheio de bons arranjos que qualificam cada música tornando-a única, não achei nenhuma 100% ruim como acontece em muitos álbuns, por isso ela se chama La Grande Sophie, um verdadeiro achado!


Querem ouvi-la integralmente, peguem o link pra download aqui

Será um prazer lhes ceder.
Quero agradecer ao apoio do leitores do blog ;-)
C'est tout!

Clipe da Música On Savais, assim vocês tem uma noção do trabalho dela:



8 comentários:

Rafs disse...

Gostei dessa do clipe! Mas ainda estou esperando sair alguém que não pareça cantar pelo nariz.. rs*... Abraço!

Ribamar Bezerra disse...

Ah Rafa eu nao achei que ela canta pelo nariz, pelo menos não tanto assim, mas enfim questão de gosto neh rs

Rafs disse...

Poxa Riba! Tem senha!

Claudia Ka disse...

La Grande Sophie é muito bom, mesmo. Eu já conhecia.
Abraços e boas postagens !
:)

Ribamar Bezerra disse...

Merci chère Claudia ;-)

Sandra disse...

A música da França pra mim é novidade assim como tantas coisas mais da cultura desse país. Visitar este blog é uma oportunidade mais que prazerosa pra conhecer e descobrir cada vez mais os encantados e maravilhas desse lugar.As músicas com seus respectivos artistas aqui postados nos proporcionam a cada visita agradáveis surpresas de estarmos conhecendo um pedacinho da França aqui no Brasil.
La Grande Sophie é mais uma prova disso!!!!!! É muito boa.

Alyne disse...

manda o link! ;*

Ribamar Bezerra disse...

Me mande o email pra eu enviar o link ok, melhor me mande um email certo, bsous