Pages

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Fabio Jorge - Chanson Française [2009]


E terminamos 2009 com uma sugestão musical bem inusitada, um cantor brasileiro de música francesa, isso meus caros leitores, tenho o prazer de vos apresentar Fábio Jorge. Fui contactado por seu produtor que me apresentou uma inusitada e feliz surpresa, temos um artista tupiniquim que interpreta produções francesas de qualidade e venho aqui hoje falar um pouco de seu trabalho. Nosso artista nasceu em São Paulo, filho de pai brasileiro e mãe francesa, imaginem que essa mistura resultou em um homem apaixonado pelo cultura francófona, desde criança crescendo sob uma influência musical de qualidade, ouvindo renomados intérpretes nacionais e europeus. Os grandes nomes da música francesa sempre estiveram presentes na sua vida e influenciaram positivamente sua produção artística, o aprendizado do francês veio com a escola e a formação acadêmica, ainda jovem começou sua empreitada pelo mundo da música em pequenas apresentações, após contatos e incentivos, temos sua primeira produção solo. Chanson française é um disco recheado de grandes êxitos da música francesa, Fábio em parceria com Thiago Marques fizeram uma seleção especial de grandes intérpretes e juntamente com outros colaboradores realizaram um trabalho que merece ser ouvido. Os destaques vão para F... comme femme do Salvatore Adamo, uma de minhas preferidas, sendo um dos grandes hits românticos dos anos 60. Outro destaque vai para Emmanuele, canção famosa dos anos 70, tema do polêmico filme que leva seu nome. Ela é delicadamente interpretada pelo Fábio, ficou muito boa. Chanson Française incursiona ainda pela música brasileira que faz a ponte França-Brasil, temos neste disco a saudosa e cinematográfica “Joana Francesa” de autoria do grande Chico Buarque, aqui ela é cantada em dueto com a cantora Célia, da versão francesa de “A Noite do Meu Bem”, clássico maior de Dolores Duran, feita por Pierre Barouh, no final dos anos 60, especialmente para Elis Regina, e de “Vivre”, versão de “Ouça”, de Maysa. A belíssima Dans mon île, do saudoso Henri Salvador também consta nesta produção, sendo apresentada em versão de bossa nova. Les feuilles mortes, originária do filme Les portes de la nuit de 1945 é outro grande título a se conferir e Et maintenant do marcante Gilbert Bécaud. Todas grandes canções, interpretadas de maneira singular pelo Fábio Jorge com sua voz macia e grave, que nos leva por um caminho de melodias agradáveis. Esse Cd me lembra aquelas apresentações mais particulares, para um público cativo e seleto, ele tem cara de algo especial, incomum, feito para um público mais sensível e mais velho consequentemente. Digo isso porque as canções do Fábio tem requinte e temporalidade, elas lembram outra época e são de outra época, apesar de manterem características e arranjos mais atuais. O público jovem, em sua maioria, não digo todos, infelizmente não terá, provavelmente, sensibilidade para admirar esse trabalho, interpretado com o toque particular de um artista que promete. Quer saber mais do Fábio Jorge? http://www.fabiojorge.com.br/, quer adquirir o cd em versão original? Andei conferindo os preços estão muitos bons. Visitem:http://www.fnac.com.br/chanson-francaise-FNAC,,musica-522679-3127.html


PS: Um detalhe que eu não posso deixar passar, o Fábio tem umas particularidades na sua pronuncia que me chamaram a atenção, algumas vezes ele pronuncia o R diferente do que estamos acostumados quando ouvimos o sotaque típico de Paris, porém nada que desqualifique sua pronúncia.
Para baixar o cd clique aqui.

Apresentação do Fábio no Programa do Ronnie Von.

2 comentários:

Claudia Ka disse...

http://www.youtube.com/watch?v=ZR91ltAzc2I

Kenza Farah

Uma dica prá ti.

Ribamar Bezerra disse...

Já me indicaram ela claudinha, não gostei.Mas, te agradeço.