Pages

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Etienne Daho - Eden [1996]

Oi pessoal! Faz tempo einh!? Pois é, mas eu não morri não ^^ dei aquele tempo necessário. Espero ter bastante disposição e tempo para atualizar esse espaço que criei com poucas expectativas e de repente se tornou bem acessado, cheio de seguidores. Estou muito feliz pela receptividade, agradecido por demais pelas mensagens de incentivo e pelos depoimentos de gente empolgada pela descoberta do idioma francês oferecer música de tão boa qualidade e variedade pouco imaginada pela maioria.
Então vamos a descrição de mais uma experiência positiva no mundo da música francesa/francófona? Bem, dessa vez vos trago um velho conhecido das terras de Edith Piaf, precursor de uma mistura proveitosa entre pop e new wave. Um velho personagem da canção francesa, Etienne Daho, com seu empolgante Eden.
Como vocês puderam perceber no título da postagem, esse disco já tem mais de uma década de vida, mas achei bem atual, com qualidade de produção, letras bem escritas, arranjos, instrumentação de primeira. Gravado na primavera de 96 em Londres, Eden é o 6º trabalho de estúdio do Etienne que conta com um total de 12 discos lançados até hoje, além de vários álbuns ao vivo, Eps, singles e uma considerável lista de The Best(Compilações). Aja dinheiro pra adquirir tudo :)
Apesar de receber a condecoração de Disco de Ouro no ano seguinte, 97, esse trabalho é considerado um disco de pouca receptividade comercial. Uma pena, um material de qualidade realmente, cheio de participações interessantes como Astrud Gilberto na faixa Les Bords De Seine, Sarah Cracknell que participa da faixa Les Passagers, Elli Medeiros na faixa Me Manquer, primeira música do Daho que eu ouvi, graças à uma compilação do Instituto Cavilam, e que também colabora com a faixa Rendez-Vous Au Jardin Des Plaisirs e por último Lyn Byrd que participa nas faixas Un Serpent Sans Importance e Me Manquer.
O Daho escreveu todas as letras do CD mas contou com a co-participação de nomes competentes como Arnold Turboust, Andy Wright, Nicholas Dembling, Alan Whyte e a própria Astrud Gilberto, brasileira para aqueles que não conhecem, canta partes em português em Les bords de Seine. Esse pessoal todo fez um trabalho memorável. Ah, não posso esquecer que 4 singles foram lançados para promovê-lo,
Au commencement, Me manquer, Les Bords de Seine et Soudain. Gostei de todos.
O Daho é classificado como Pop/Chanson/New wave, como falei antes, esse último estilo musical é realmente bem presente em várias faixas do CD como Rendez-vous au Jardin des plaisirs, Les passagers e Des adieux très Heureux. Les Passagers é mais lenta, porém ainda bem eletrônica, todas fantásticas, mas temos baladas clássicas também como Soudain e Timide intimité e a surpreendente Quand tu m'appelles Eden. Esse disco foi um marco na carreira do Daho, e eu entendo bem porque, após algumas audições, apesar de ter vendido pouco, tem o que interessa, qualidade. Muito bem produzido, competentemente mixado pelo Mark Stent, cheio de sutilezas, sussurros, a voz possante e grave de nosso intérprete, com uma assinatura inconfundível, orquestração marcante, sem contar com uma certa atemporalidade, muitos diriam que esse disco foi produzido recentemente, bom demais, acho que vou comprá-lo para minha coleção de discos franceses XD! Recomendo-vos portanto, ouçam-no r espero que aproveitem tanto quanto eu. Abraços.


Vocês poderão baixar esse disco Aqui


Confiram o clipe de Au commencement, uma de minhas preferidas.



4 comentários:

FELIX FERREIRA disse...

mON dIEU! Muito bacana esse clip. Achei muito massa os efeitos com os elementos, principalmente com a água. ----> mamãe quase me bate no Adão e Eva....rsrs.

Ribamar Bezerra disse...

Diga a ela que é a França sem pudores ;-)
que bom que curtiu amigo.

Bom dia pra vc.

Alcantato disse...

Bom dia, estou estudando a língua francesa e obgd por manter este blog, muito bom. O link acima está quebrado. Se você puder repostar, muito obgd!

Ribamar Bezerra disse...

Oi Alcanato,
bom dia. Olha eu testei o link e está funcionando sim. Alguns navegadores gostam menos do 4shared, experimento usar outro navegador ok.
O link está operante. ;-)